Livros

Olá a todos,
Como não poderia faltar neste blog vou falar de um livro que começa uma nova saga da autora Verónica Roth. O primeiro livro de 2017. Estes livros já viraram filmes e nesta saga é feita de 4 livros e tem os seguintes nomes:
  • Divergente;
  • Insurgente;
  • Convergente;
  • Quatro.

Com isto, vamos às informações do livro:
  • Nome: Divergente.
  • Autor (a): Verónica Roth.
  • Sinope: Na Chicago distópica de Beatrice Prior, a sociedade está dividida em cinco fações, cada uma delas destinada a cultivar uma virtude específica: Cândidos (a sinceridade), Abnegados (o altruísmo), Intrépidos (a coragem), Cordiais (a amizade) e Eruditos (a inteligência). Numa cerimónia anual, todos os jovens de 16 anos devem decidir a fação a que irão pertencer para o resto das suas vidas. Para Beatrice, a escolha é entre ficar com a sua família... e ser quem realmente é. A sua decisão irá surpreender todos, inclusive a própria jovem.

    Durante o competitivo processo de iniciação que se segue, Beatrice decide mudar o nome para Tris e procura descobrir quem são os seus verdadeiros amigos, ao mesmo tempo que se enamora por um rapaz misterioso, que umas vezes a fascina e outras a enfurece. No entanto, Tris também tem um segredo, que nunca contou a ninguém porque poderia colocar a sua vida em perigo. Quando descobre um conflito que ameaça devastar a aparentemente perfeita sociedade em que vive, percebe que o seu segredo pode ser a chave para salvar aqueles que ama... ou acabar por destruí-la.

    Veronica Roth foi considerada a melhor autora pelo GoodReads Choice Awards em 2012. Divergente foi eleito o melhor livro de 2011 e Insurgente o melhor livro de fantasia para jovens-adultos em 2012, pela mesma entidade, a única cujas distinções são atribuídas exclusivamente pelos leitores.
Espero que tenham gostado desta primeira sugestão de livros de 2017. Se quiserem que eu fale de alguns livro que gostavam de ver aqui é só escrever nos comentários e nas redes sociais. Partilhem com os vossos amigos e familiares. Já sabem que poderão comentar tanto cá em baixo como nas redes sociais do blog:
Beijinhos,
Márcia Colaço.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
10 de Novembro de 2016
Olá a todos,
Hoje vamos falar de um livro de Nicholas Sparks, sendo todos os livros deste autor de romance, e muito emocionante, de deixar lágrimas nos olhos. Eu li 3 livros deste autor que eu vou deixar cá em baixo, e dois deles deixar as lágrimas cair porque todos os livros tem cenas tristes que mexem com o leitor. E como vós disse, deixei cair lágrimas nessas cenas de apertar o coração.


Escritor Nicholas Sparks:
  • É um dos contadores de histórias mais apreciados em todo o mundo. Todos os seus livros se tornaram bestsellers internacionais, estão traduzidos em mais de 40 línguas e ultrapassaram os 80 milhões de exemplares vendidos em termos globais.
  • De entre as 16 obras que já publicou, 6 deram origem a filmes de grande audiências - As palavras que nunca direi; Um momento inesquecível; o diário da nossa paixão; O sorriso das estrelas; Junto ao luar; A melodia do adeus. A Warner Bros adquiriu já os direitos deste novo romance do autor que será também o produtor de mais um filme.
  • O leitor pode visitar Nicholas Sparks em: Nicholas Sparks.
Livros que eu li deste autor:
  1. Dei-te o melhor de mim;
  2. A melodia do adeus;
  3. Uma vida ao teu lado.
Destes 3 livros que eu li, hoje vou falar do livro "Dei-te o melhor de mim". É um livro que eu não esperava que desenvolve-se desta forma que eu não esperava que acontecesse, principalmente da forma como acaba. Vamos ao resumo do livro.


Informações do livro:
  • Nome: Dei-te o melhor de mim;
  • Autor: Nicholas Sparks;
  • 1ºEdição: Lisboa, Novembro 2011;
  • Editora: Editorial presença;
  • Sinopse: Este novo romance de Nicholas Sparks conta a história emocionante de Amanda e Dawson, dois adolescentes envolvidos na mágica experiência do primeiro amor. Separados por classes sociais distintas, a paixão que sentem um pelo outro fá-lo acreditar que aquele sentimento durará para sempre e terá força para superar todos os obstáculos. Vinte e cinco anos mais tarde, ambos são chamados à cidade natal, por altura de morte do único homem que os protegera. Amanda e Dawson tinham seguido caminhos diferentes. E se para ambos o amor de outrora se revela intacto, não podem evitar confrontar-se com dolorosas recordações e mais ainda com as escolhas que tinham feito perante as circunstâncias que o seu juvenil amor não pudera alterar. Que sentido dar agora a um amor que nunca poderia mudar o passado?
  • Excerto do livro: "Dawson começou a dar a volta à casa, encaminhando-se para a garagem. Estava mais fresco ali, debaixo da sombra dos pinheiros. Quando contornou a esquina e entrou na zona de so, avistou uma mulher especada dentro da garagem a examinar aquele que provavelmente teria sido o último carro clássico que Tuck restaurara. Ainda chegou a pensar que ela pudesse ser do escritório do advogado e preparava-se para a cumprimentar de longe quando ela se virou de repente. A voz ficou-lhe embargada na garganta."
Minha opinião:
  • Este livro levou-me a uma imaginação totalmente do passado como o presente. Quando acontece algo que nos faz relembrar o passado sendo ele triste ou alegre, é um grande passo para entender como podemos fazer no futuro de modo para não repetimos e não fazer os mesmos erros.
Espero que tenham gostado do livro que vós apresentei hoje. É um livro que eu recomendo porque pode ter casos parecidos com este apesar de ser uma história de ficção e porque é uma história que acontece de uma forma extraordinária.

Depois disto, já sabem que podem comentar aqui em baixo; seguem e comentem também nas redes sociais deste blog, link a seguir:
Beijinhos,
Márcia Colaço.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Olá a todos,
Hoje  é sobre um livro de magia e de sonhos. O Circo Dos Sonhos, de Erin Morgenstern. Quando vi este livro na livraria onde frequento mais tempo fiquei com estrelinhas nos olhos, e, quando li a sinopse do respectivo livro fiquei mais apaixonada e decidi que queria tê-lo na minha estante.

Informações do Livro:

Nome: O Circo Dos Sonhos;
Autor: Erin Morgenstern;
1º Publicação: Abril 2012;
Sinopse: "Um misterioso circo itinerante chega sem aviso e sem ser precedido por anúncios ou publicidade. Um dia, simplesmente aparece. No interior das tendas de lona às listas pretas e brancas vive-se uma experiência absolutamente única e avassaladora. Chama-se Le Cirque Des Rêves (O Circo Dos Sonhos) e só está aberto à noite. Mas nos bastidores vive-se uma competição feroz - um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, que foram treinados desde crianças exclusivamente para este fim pelos seus caprichosos mestres. Sem o saberem, este é um jogo onde apenas um pode sobreviver, e o circo não é mais do que o palco de uma incrível batalha de imaginação e determinação.
Apesar de tudo, e sem o conseguirem evitar, Celia e Marco mergulham de cabeça no amor - um amor profundo e mágico que faz as luzes tremerem e a divisão aquecer sempre que se aproximam  um do outro. Amor verdadeiro ou não, o jogo tem de continuar e o destino de todos os envolvidos, desde os extraordinários artistas do circo até aos seus mentores, está em causa, assente num equilíbrio tão instável quanto o dos corajosos acrobatas lá no alto."
Excerto do livro: "O Circo chega sem avisar. Não é precedido por notícias, nem por avisos nas estações de correio e nos painéis publicitários, nem por notas ou anúncios nos jornais locais. Está simplesmente ali, quando ontem não estava. As tendas imponentes têm listas brancas e pretas, sem vestígios de dourados ou vermelhos. Não existem cores, à parte das árvores mais próximas e a erva nos campos em volta. (...)"


Minha opinião: Neste livro há bastante magia que me faz ficar agarrado há história quase todos os minutos e todos os dias. Durante todo o livro as cenas avançam e recuam de uma maneira em que a história perceba desde o inicio até ao fim e onde o puzzle começa a ficar completo. De todas as personagens gostei bastante do Marco e da Celia, porque estas estão a jogar e arriscar ao entregar-se ao amor. Acaba por ter o controlo de ambos os lados dos seus sentimentos. Mas, o mais impressionante para mim, foi que o jogo que eles lutam um com o outro é muito diferente do esperado porque não estão num espaço especifico com uma espécie de xadrez, mas sim através do seu oficio, no lugar mais básico e mesmo à frente do nosso nariz.

Espero que tenham gostado deste post. Eu recomendo este livro à aqueles que gostam de mistério e magia. Já sabem que poderão seguir e comentar em qualquer uma das redes sociais do blog: Redes Sociais Do Blog. Até à próxima............
11/10/2016
Beijinhos,
Márcia Colaço.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Olá a todos,
Vamos falar sobre o livro que demorou-me bastante tempo para o ler do inicio até ao fim de segunda vez que tentei o ler. Este é um livro para aqueles que gostam muito de guerras ou outros tipos dessas áreas. O livro de hoje é: "De Bagdade... Com amor", do autor Tenente-coronel Jay Kopelman, com Melinda Roth. Para os curiosos que gostam de ler livros aqui vai o resumo deste livro que poderão gostar.

Resumo do livro:

  • Sniff-sniff... Clic-clic-clic-clic... Sniff-sniff...
  • O que é isto? Um rebelde com uma bomba ao peito?
  • Deviam ter preparado o local com uma granada antes de entrarem - lançá-la lá para dentro e deixá-la fazer todo o trabalho sujo. Em vez disso, por razões ainda obscurecidas pela guerra e pelo medo e porque há coisas simplesmente destinadas a acontecer, recuaram para as paredes ao lado de entrada e colocaram as armas em posição de fogo.
  • Então, avançaram com as espingardas em riste para lá da quina, formaram em quadrado e apontaram as armas aos clics enquanto o seu alvo corria para o outro extremo da sala.
  • O cachorro voltou-se ao som das vozes deles e fitou-os. Expirou a cabeça, tentando interpretar as suas intenções em vez das suas palavras.
  • - Só podem estar a brincar.
  • Então ganiu, abanou a cauda, fazendo clic com as garras no chão ao saltitar de uma lado para o outro, feliz porque parecia que alguém o tinham finalmente encontrado.
E assim acabo a publicação de um livro que não gosto como gosto. É indiferente, digamos bem assim, propriamente. Espero que tenham gostado deste post e espero-vos encontrar noutro dia para uma novo tema ou passagem de tempo. Já sabem que poderão comentar aqui em baixo ou nas redes sociais do blog: Redes Sociais Do Blog. Divirtam-se bastante e com algum trabalho tanto escolar como profissional.
Beijinhos,
Márcia Colaço.

Sem comentários:

Enviar um comentário